Basta inserir sua palavra-chave e nós o ajudaremos a encontrar o que precisa.

O que procuras?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  Eventos   /  CGEE participa da COP 25 e lança publicação sobre bioeconomia em parceria com a Unossc
CGEE

CGEE participa da COP 25 e lança publicação sobre bioeconomia em parceria com a Unossc

Conferência ocorre em Madri, de 2 a 13 de dezembro. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos será representado em três eventos da programação.

O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) participa da 25ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP 25), que ocorre em Madri, de 2 a 13 de dezembro. O CGEE faz parte de três eventos diferentes dentro da programação. Dentre eles, o side event em que o Escritório das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul (Unossc, na sigla em inglês) e o Centro lançarão uma publicação sobre bioeconomia.

A divulgação do estudo, denominado “Cooperação Sul-Sul e Triangular na bioeconomia na luz do Acordo de Paris e da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável”, será realizada na segunda-feira (09). A mesa do lançamento é organizada pelo CGEE, pela Unossc e pela Organização Internacional do Bambu e do Rattan (Inbar).

O objetivo do side event é demonstrar como a Cooperação Sul-Sul e Triangular apoia o alcance das Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDC), segundo o Acordo de Paris, em países em desenvolvimento. Participam das discussões, dentre outros, o diretor da Unossc, Jorge Chediek; a vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), Thelma Krug; o diretor-geral da Inbar, Ali Mchumo; e o chefe da Divisão de Energias Novas e Renováveis do Ministério de Relações Exteriores (MRE), Renato Godinho.

Já na terça-feira (10), o assessor técnico do CGEE, Marcelo Poppe, será um dos painelistas do encontro “Caminhos da transição para a energia limpa e monitorando o progresso com a implementação do Acordo de Paris”. A mesa é coordenada pela Agência Internacional de Energia (IEA). O intuito é apresentar as últimas análises referentes a essa transição e realçar a importância do acompanhamento desses avanços. Com isso, serão destacadas oportunidades para motivar atores que podem ampliar ações em prol dos objetivos do acordo. 

Energy Big Push

No dia 11, o CGEE, ao lado da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), da Agência Internacional de Energia (IEA), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e do MRE realizará um side event, no âmbito do projeto Energy Big Push (EBP), durante a conferência. 

O encontro ocorrerá no pavilhão Euroclima+, com o título “Energy Big Push: acelerando investimentos em inovação em energia sustentável no Brasil, no contexto da abordagem da Cepal em Big Push para a sustentabilidade”. O objetivo do evento é facilitar um espaço para o debate e troca de experiências dos países latino-americanos em inovação para a transição energética limpa e sustentável.

Durante o evento, a Cepal e o Centro irão apresentar os resultados e lições aprendidas do projeto EBP no Brasil. A iniciativa visa a fornecer dados e informações sobre Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) em energias no Brasil para subsidiar a construção de políticas que possam acelerar os investimentos em energia limpa e sustentável, com foco em inovação. O projeto reúne instituições nacionais e internacionais para contribuirem com propostas que permitam apoiar a promoção de mais e melhores investimentos públicos e privados em P&D para soluções em energia sustentável.

COP 25

A Conferência das Partes (COP), formada por 196 países e pela União Europeia, é o órgão supremo da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCC). A COP 25 visa a promover avanços na implementação de acordos, como o de Paris, que estabelecem compromissos e obrigações específicas para combater mudanças climáticas.

Compartilhar

0

Bitnami