Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  Eventos   /  A emenda de Kigali e setor de refrigeração: Mitigação de GEE e melhoria da eficiência energética
Post Image - Brazil Climate Hub

A emenda de Kigali e setor de refrigeração: Mitigação de GEE e melhoria da eficiência energética

ZONA AZUL – HALL 8 – Brazil Climate Action Hub

Dia 7/12 – 11h às 12h30 

O Projeto Kigali, com o apoio do Instituto Clima e Sociedade, vai promover a discussão sobre os avanços na implementação da Emenda de Kigali no Brasil suas consequências no âmbito do desenvolvimento sustentável.  O evento acontecerá no dia 7 de dezembro, dentro da Conferência do Clima – COP 25, em Madri. 

A reunião tem como principal objetivo dar luz aos desafios e oportunidades para melhorias de refrigeração limpa como um esforço de mitigação de gases de efeito estufa na América Latina. Nesse sentido, a ONG Sustainable Energy for All (SEforALL) irá apresentar os resultados do seu mapeamento anual sobre restrições de acesso à refrigeração e climatização limpas, serviços que impactam na educação e saúde da população, entre outros aspectos. No relatório desse ano aponta que 1,05 bilhão de pessoas enfrentam sérios riscos de acesso à refrigeração. Os desafios enfrentados por essas populações em risco incluem:

– 365 milhões de pessoas nas áreas rurais e 680 milhões de pessoas em favelas urbanas de 52 países de alto risco, estão sem acesso a alimentos e medicamentos seguros por falta de refrigeração, além de pouco ou nenhum resfriamento para protegê-las das ondas de calor.

– 2,2 bilhões de pessoas, uma classe média baixa crescente nos países em desenvolvimento, só podem comprar aparelhos de ar condicionado mais baratos e menos eficientes, o que poderia aumentar a demanda global de energia e causar impactos climáticos profundos.

Na segunda parte do evento. por meio do estudo de caso do ar-condicionado, serão apresentados os resultados de ganhos de eficiência energética e de economia para consumidores e governos do Estudo de Impacto Regulatório coordenado pelo Instituto Clima e Sociedade em parceria com o Lawrence Berkeley National Laboratory e com a International Energy Iniciative.  O setor de refrigeração cresce de importância na mitigação de gases de efeito estufa, não apenas devido às crescentes vendas de refrigeradores e condicionadores de ar, mas também porque esses aparelhos demandam eletricidade e consomem fluidos refrigerantes com alto potencial de aquecimento global (GWP). A ratificação da Emenda de Kigali no Brasil, que determina cronograma para a redução de fluidos refrigerantes com alto potencial de GWP, deverá ser votada na Câmara Federal ainda este ano.

Participam do evento:

Brian Dean – Sustainable Energy for All – SEforALL

Virginie Letschert – Lawrence Berkeley National Lab

Rodrigo Agostinho – deputado federal (PSB/SP)

Gilberto Jannuzzi – diretor da International Energy Initiative Brazil (IEI)

Kamila Borges – Projeto Kigali

PROJETO KIGALI

Para apoiar países, empresas e comunidades em potencializar a eficiência energética e promover uma transição rápida para fluidos refrigerantes de baixo potencial de efeito estufa, foi desenvolvido o Programa de Eficiência de Resfriamento Kigali – K-CEP. Financiado por fundos filantrópicos internacionais, o programa apoia instituições, políticas públicas e a capacitação tecnológica, além de alavancar financiamento para essas iniciativas em diversos países. O Brasil participa desse programa com o Projeto Kigali, tendo como agente executor o instituto Clima e Sociedade – iCS.

www.kigali.org.br

marisa@climaesociedade.org

+5521 999753447 (Whatsapp durante a COP 25)

+5521 31976580

Rua General Dionísio 14, Humaitá, Rio de Janeiro/RJ

Compartilhar
Bitnami