Logotipo Brazil Hub

Brazil Hub divulgará seleção de eventos para a COP27 em 30 de setembro

A curadoria do espaço recebeu 183 propostas e trabalha para acomodá-las nos 35 eventos que serão realizados no Hub, atendendo a critérios preestabelecidos.

A equipe de curadoria do Brazil Climate Action Hub recebeu 183 propostas, por parte de organizações sem fins lucrativos do Brasil, de realização de eventos no espaço da sociedade brasileira durante o período da COP27, que vai ocorrer entre os dias 6 e 18 de novembro em Sharm el-Sheik, no Egito. Os eventos estão sendo selecionados e agrupados seguindo os critérios pré-estabelecidos para os debates deste ano. Os diálogos promovidos no Brazil Hub devem buscar discutir “qual o papel do Brasil na promoção da transição climática justa”, e “como desenvolver e dar escala a soluções para a crise climática a partir do Sul Global”. Ao todo, serão realizados 35 eventos no Hub durante a Conferência do Clima deste ano. A confirmação dos eventos selecionados será tornada pública até o dia 30 de setembro. 

As submissões de propostas ocorreram até o último dia 9/9. Embora os eventos devam ser liderados por organizações brasileiras sem fins lucrativos – a participação de empresas, governos, organismos multilaterais e organizações internacionais é bem-vinda.

Confira abaixo as informações gerais do processo, os critérios que estão sendo adotados para a seleção dos eventos e dados sobre a governança do Brazil Climate Action Hub. 

Informações gerais:
  • O Brazil Climate Action Hub ficará localizado na Blue Zone da COP27, portanto é necessário ter credencial para acessá-lo. As organizações do grupo gestor do Hub não poderão oferecer credenciamento para painelistas e outros convidados.Os eventos terão duração de até 1h, e serão realizados até 5 (cinco) eventos por dia, entre os dias 8 e 18 de novembro
  • O palco comportará simultaneamente até 4 (quatro) pessoas
  • Todos os eventos terão transmissão online, e será possível participação de painelistas remotamente, desde que a maior parte dos palestrantes esteja presente fisicamente no pavilhão
  • Os eventos terão tradução português-inglês e inglês-português.
  • Outras necessidades deverão ser acordadas com a equipe de produção
  • O espaço comportará até 40 pessoas sentadas na audiência
Critérios para seleção dos eventos:
  • Os diálogos promovidos no Brazil Climate Action Hub deverão buscar discutir qual o papel do Brasil na promoção da transição climática justa, e como desenvolver e dar escala a soluções para a crise climática a partir do Sul Global?
  • Os eventos devem ser liderados por organizações brasileiras sem fins lucrativos – mas a participação de empresas, governos, organismos multilaterais e organizações internacionais será muito bem-vinda.
  • As propostas devem estar conectadas aos principais temas em negociação na COP 27 e/ou com os temas priorizados pela presidência da COP 27
  • Debates internacionais, em especial em diálogo com outros países em desenvolvimento – desde o tema à composição da mesa, com estratégias de atração de público de outros países – também serão considerados como critério para a seleção
  • Eventos deverão promover diversidade de gênero, geração, raça e etnia, garantindo inclusão entre as falas e apresentações
  • A diversidade de abordagens nos painéis (por exemplo, a promoção de diálogos entre sociedade civil, academia, empresas e representantes de governos) será um critério para seleção dos eventos
  • É importante que o evento tenha uma estratégia explícita para engajar a audiência, especialmente o público-alvo internacional, incluindo a possibilidade de inovação no formato.
Governança do Brazil Climate Action Hub

Articulação e coordenação: Instituto Clima e Sociedade (iCS), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Instituto ClimaInfo

Grupo gestor:
APIB
Associação de Pesquisa IYALETA – Pesquisa, Ciência e Humanidades
C40
CEBDS
Centro Brasil no Clima
CDP Latin America
Coalizão Brasil Clima, Florestas, Agricultura
CONAQ e Instituto de Referência Negra Peregum, membros da Coalizão Negra por Direitos
Engajamundo
ICLEI América do Sul
Instituto Arapyaú – Uma concertação pela Amazônia
Observatório do Clima
RAPS – Rede de Ação Política pela Sustentabilidade
WWF Brasil

Compartilhe:

Outras notícias